Alice Prosa e Poesia

Um pouco de mim...

Textos

Um dia, por acaso, topei com uma série coreana, chamada CAIN AND ABEL. O título me despertou a atenção, e, pela descrição, tratava-se  de uma intriga entre dois irmãos neurocirurgiões. Comecei a assistí-la mais pela curiosidade que outra coisa e acabei gostando muito. Bom enredo, fotografia caprichada, direção e interpretação primorosas.
Como a Netflix costuma recomendar séries a partir de alguma que tenhamos gostado conheci outras através desta. Das sugeridas escolhi uma também pelo título, já que eu não estava familiarizada com as produções sul-coreanas e assisti à SONATA DE INVERNO, uma série romântica, daquelas com duas fases, onde há um pulo no tempo. Me cativou também, pelos mesmo motivos da primeira e também pela trilha, que achei lindíssima. Por essas duas comecei a ver todas as que a Netflix sugeria. Algumas, até, muito melhores que elas, como SECRET AFFAIR,  um romance entre um talentoso jovem pianista e sua mentora, casada e 20 anos mais velha, tendo como segundo tema a corrupção existente em uma fundação educacional, com algumas cenas que ficarão por muito tempo na minha memória. E muitas outras.
Deixo aqui algumas das que já vi, com um pequeno comentário, caso alguém se interesse:
 
 
 
LAST – 16 Episódios – (digna de maratona)– mostra o mundo dos moradores de rua de um bairro de Seul e a incrível quantia de dinheiro que alguns espertos conseguem obter a partir das esmolas, da utilização de seus documentos e assassinatos para venda de seus órgãos. A história central é a de um ex-investidor da Bolsa, falido e perseguido pela polícia e agiotas, tendo que sobreviver como um morador de rua e,  assim que descobre a existência de uma hierarquia entre os que se utilizam do dinheiro arrecado, elabora um plano de como chegar ao topo do poder. Tem muita ação mas também uma perspectiva humana deste univerno pouco conhecido da sociedade.
 
BAD GUYS – 11 episódios – conta a história de um ex-policial,incorruptível e implacável, que teve  a sua única filha assassinada por um serial killer e que, depois de dois anos, volta à ativa pelo pedido de um delegado seu amigo para capturar o assassino de seu filho. A estratégia que ele usa é a de resgatar de um presídio três condenados, com a promessa de redução de pena. O primeiro dos condenados  é um  ex-assassino de aluguel , profundo conhecedor de técnicas de assassinatos, preso por ter se entregado espontaneamente por um dos crimes que cometeu. O segundo é um ex-chefe de quadrilha, de força bruta acima da média,  que comandava uma grande área da periferia de Seul e o terceiro é um psicopata, de QI altíssimo, condenado à prisão perpétua pelos assassinatos de várias mulheres. No desenrolar da série vamos conhecendo o passado de cada um deles e o real motivo pelo qual o policial os escolheu. A grande reflexão que fazemos ao final da série é sobre qual seria o limite entre justiça e vingança, entre emoções e racionalidade e entre sermos humanos ou animais.
 
 
MINHA BEBEZINHA (MY LITLE BABY) – 16 episódios – comédia – um policial linha dura, vê-se, de repente, com a responsabilidade de cuidar de uma sobrinha, de 6 meses de idade, e sofre um bocado ao ser obrigado a conviver com um bando de vizinhas, todas mães, e entre elas uma ex-colega policial, que pega no seu pé o tempo todo. Acho comédia o mais difícil dos gêneros, por se tratar de gosto pessoal, e esta série não vai muito além daquelas cenas previsíveis para este tema, mas esta caiu no meu gosto por eu ter ido com a cara, de imediato, do ator que faz o personagem principal. Quando a gente percebe que o ator tem o timing perfeito para o papel, acaba relaxando e curtindo. Foi o que aconteceu comigo.
 
 MENINOS ANTES DE FLORES – 25 episódios – romance-sessão-da-tarde para adolescentes. Esta, talvez, seja a mais famosa das séries coreanas para adolescentes, pois fiquei até surpresa quando falei dela em grupos  e muitos já a conheciam e são fãs dos “galãs”.Existe um marketing poderoso, atualmente,  por trás desse tipo de produção por lá, que se utiliza de jovens modelos e cantores pop, com rostinhos de beleza andrógina, que estão arrastando   milhões de jovens asiáticos atrás de si. Já vi várias outras séries do tipo e não me interessei muito, mas, esta, em particular, é realmente engraçadinha. Mostrei para as minhas netas e elas adoraram.  Tem muito namorico e paixonite na história, mas difere completamente das produções ocidentais. Não tem pegação nem cenas inapropriadas para a idade a que se propõe. Penso que pais e mães deveriam assistir, até para compararação e reflexão.
 
Dia D – 20 episodios – após o terrível terremoto que atingiu Seul (logo no início da série) um  médico abnegado e sua equipe de residentes luta para salvar a maior quantidade possível de vítimas, em meio à sua batalha pessoal com o diretor do hospital onde trabalha, um ambicioso neuro-cirugião sem escrúpulos. Na série, além das imagens trágicas durante os resgates, a reflexão sobre a ética na medicina e incompetências das mais diversas de médicos focados apenas nas suas próprias especialidades. Um destaque especial para a atuação do chefe dos bombeiros nesta superprodução merecedora das 5 estrelas
 
GAB-DONG – 20 episódios – o filho de um dos acusados de ser um psicopata serial killer, declararado inocente após o suicídio,  torna-se detetive para caçar o verdadeiro assassino, nunca encontrado. Vinte anos depois, um outro psicopata, admirador do primeiro, revive cada um dos assassinatos, dando origem a uma dupla caçada. A única sobrevivente do último ataque do primeiro serial volta a Seul como psiquiatra de um presídio e envolve-se na trama entre os dois principais detetives e os dois psicopatas.
 
IN NEED OF ROMANCE (Preciso de romance)  é uma trilogia de comédias românticas, com 16 episodios cada. As três séries, com enredos e atores diferentes, têm em comum o relacionamento antigo de um casal frente a possibilidade de um novo relacionamento. Nas três, a personagem principal tem duas amigas, com quem discute os problemas que afligem as mulheres na faixa dos trinta anos e as diferenças entre elas e seus parceiros. Ao contrário das séries coreanas destinadas ao público adolescente, sempre muito pudicas, esta trilogia é direcionada ao público mais adulto, com diálogos mais abertos e cenas mais picantes. A minha preferida, das três, foi a segunda: In need of romance 2012, pelo ator Jin-wook Lee, do qual sou fã, mas as outras duas também são boas.

IRIS – 20 episodios – espionagem internacional, com muita ação. Dois amigos, ao servirem o exército, são recrutados por uma agência secreta, tipo Cia, e um deles recebe a missão de assassinar um alto escalão da Coreia do Norte, que está em visita a Hungria. Depois de completada a missão, o atirador se depara com uma dupla de agentes norte-coreanos, responsáveis pela segurança do político assassinado, que dá início a uma caçada implacável. Quando ele pede ajuda ao seu superior para poder escapar do país, se surpreende ao saber que o amigo foi enviado não para ajudá-lo mas para matá-lo. Ao descobrir que foi usado  pelo seu superior para piorar as relações entre as duas Coreias ele se une à dupla dos nortecoreanos para voltar a Seul a fim de se vingar de seu superior e descobrir quem são os líderes da organização internacional (Iris) que fomenta  guerras  entre as nações. Aos que gostam de boas teorias da conspiração esta série é um prato cheio.
 
NINE: NOVE VEZES VIAJANTE DO TEMPO – ficção, com 20 episódios – um repórter de Seul vai até o Nepal para identificar o corpo de seu irmão e encontra, entre seus pertences, um incenso com poder de fazer voltar 20 anos no tempo. Depois de uma breve investigação ele descobre a existência de mais 9 incensos e se utiliza deles para tentar evitar a morte do irmão, assim como a morte de seu pai, ocorrida 20 anos antes. Ocorre que a cada vez que volta no tempo alguma coisa se altera no seu presente e na vida dos seus entes queridos. Pra quem gosta do tema esta série é eletrizante.

A PANDA E O OURIÇO – 16 episódios – para adolescentes também. Um confeiteiro se apaixona por uma proprietária de uma doceria e usa o seu talento para conquistá-la. A história é bobinha, mas tem cada enfeite e decoração de doces e bolos que eu fiquei de queixo caído. Pra mim, que não sei nem fritar ovo, já foi fantástico ver isso, imagino pra quem goste de cozinhar.
 
 MADAME ANTOINE – 16 episódios - comédia romântica – Um psicólogo, cético, resolve provar uma tese, através de métodos científicos tem, por imposição de um patrocinador, que trabalhar junto com uma falsa vidente. Lógico que eles brigarão muito e acabarão juntos, como em  toda comédia romântica, mas o que achei interessante nesta série foi o talento que os dois tinham de conhecer seus pacientes/clientes, através de leituras corporais e coisas do tipo. Me lembrou um pouquinho a série Lie to me, só que menos chata.
 
HEAVEN’S GARDEN (JARDIM CELESTIAL) – 30 episódios – fala de uma mulher, recém separada do marido, com duas filhas, que vai morar com o pai em seu sítio. Sua conflituosa relação com o pai e o seu estilo de vida, diferente do que ela estava acostumada e a sua lenta reaproximação é a história central, mas o que mais gostei na série foi que ela nos revela a verdadeira cultura coreana, através daqueles que, por morarem no campo, ainda a conservam.  As paisagens são de uma beleza extraordinária. A princípio achei a série meio chata e até pensei em interrompê-la, mas, ao final, compreendi que não era o enredo mas a mensagem, a grande sacada,  e acabou levando as minhas 5 estrelinhas.
 
THE SOUND OF YOUR HEART – 10 episódios – comédia do tipo escrachada – um desenhista, de QI bem baixo, fã das histórias em quadrinhos, descobre, por acaso, o caminho para o sucesso, ao contar o cotidiano da sua própria família, que é muito doida. Cada episódio tem um tema diferente, o único fio condutor é o amor dele por uma moça e as tentativas de conquistá-la.
 
 
Para não me estender mais, deixo alguns títulos de algumas outras séries coreanas  que vi e gostei:
 
LOVE RAIN  -o amor de dois jovens, complicado, porque o pai dele é o primeiro amor inesquecível da mãe dela.
HELLO, MY TWENTIES! – conta a vida de 5 moças que dividem um apartamento
12 YEARS PROMISE  - sobre uma moça abandonada pelo namorado, que volta para se vingar.
GU FAMILY BOOK – fantasia, com seres mitológicos
COLOR OF WOMAN – duas amigas, com histórico de rivalidade com ex-namorados, competem pelo amor do herdeiro da empresa onde trabalham. Uma é inteligente e competente, mas totalmente desleixada com a aparência. A outra é o oposto. Achei interessante que a primeira me lembrou, em vários momentos, a Sophia Loren, por incrível que pareça. 
DESCENDANTS OF THE SUN – romance, com um terremoto em Seul  como cenário
MY ONLY LOVE SONG – fantasia – uma atriz volta no tempo dos imperadores através de uma kombi mágica e vive o outro lado da história do filme em que ela atuava
MY RUNWAY – comédia de ficção romântica – um modelo famoso e uma aspirante a modelo sem talento para desfilar trocam de corpo
MAN TO MAN – comédia de ação – um agente secreto é obrigado a se fazer passar por guarda-costa de um ator temperamental e sua secretária, que acabam envolvidos na  sua missão.
GOOD-BYE MR. BLACK – ação – um oficial da Marinha, herdeiro de um rico empresário, é traído pelo seu melhor amigo e vítima de um mafioso, incriminadoo injustamente, se esconde em uma ilha e retorna,anos mais tarde, com outra identidade, para salvar sua irmã e reaver o que é seu.
GO, MRS GO! – Uma pacata senhora,  viúva de um rico mas endividado marido, vê-se obrigada a mudar para Seul e trabalhar como cozinheira para sobreviver e recuperar sua casa. Seus filhos, a ex-amante do marido, os amigos e o seu grande benfeitor completam a trama.  É uma história de família.
OH MY GHOST - comédia romântica de ficção - uma mocinha muito tímida, de vida reclusa por ter a capacidade de ver e de falar com fantasmas, um dia é possuída pelo fantasma de uma jovem que não quer ir embora sem perder antes a virgindade. Suas atitudes ousadas pra cima do chefe (amor platônico da mocinha) geram muitos momentos engraçados.
VIDAS INCOMPLETAS - um jovem pobre, sem curso superior e outras especializações, ganha por acaso uma oportunidade de estagiar numa grande empresa. Toda a trama se desenvolve a partir da promessa de efetivação do cargo para somente dois dos estagiários e, com isso, ele sofre forte discriminação, tanto por parte dos outros estagiários concorrentes, mais qualificados que ele, tanto por parte dos diretores, que temem um perigoso precedente, caso ele seja efetivado. Ele é muito inteligente, competente e dedicado mas, se é o suficiente, só no último episódio se saberá. 
Alice Gomes
Enviado por Alice Gomes em 27/06/2017
Alterado em 09/09/2017


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras